• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o casal que vive há 10 anos como se estivessem no século 19

POR Cristyele Oliveira    EM Entretenimento      28/02/19 às 14h45

Se você pudesse escolher uma época qualquer para viver, qual seria? Eu, particularmente, gostaria de ter vivido nos anos 1970. Mesmo que seja impossível viajar no tempo, vivenciar várias experiências em tempos distintos, usar diferentes trajes conforme a época, um casal americano decidiu viver no século XIX, e não mediram esforços para trazer o passado para a sua realidade. Sarah e Gabriel Chrisman recriaram toda uma rotina que remete à sua época favorita. Há dez anos, eles vivem como se estivessem na era vitoriana.

Desde a casa toda equipada com móveis daquela época, passando pelas vestimentas, receitas, costumes e hobbies. Damas e cavalheiros, conheçam um pouco mais sobre o estilo de vida incrível de um casal moderno vivendo no passado.

Era vitoriana

Sarah e Gabriel Chrisman nutriam um forte interesse pelos tempos históricos, e decidiram explorar mais a fundo o passado. Eles então mergulharam completamente no século 19, para ser mais preciso, de 1880 a 1890 e desde então têm vivido como um casal camponês da era vitoriana. Um período que nem imaginava o avanço da humanidade como temos hoje, com energia elétrica, telefones e automóveis.

A ideia surgiu quando Gabriel deu à Sarah um espartilho de presente de aniversário, como aqueles que eram usados no século 19. O casal que sempre foi fascinado pela época acendeu ali um interesse a mais.

Mas a imersão gradativa ao passado, começou mesmo um ano depois, quando o casal encontrou uma casa antiga construída em 1888, na cidade de Port Townsend, em Washington, no Estados Unidos e decidiram comprá-la.

Ao se mudar para nova residência, eles então começaram o processo de mobiliar o lugar de acordo com a época. A geladeira que tinha na casa foi substituída por uma caixa de gelo. Mesmo com eletricidade, eles preferem usar lâmpadas antigas, a base de óleo. Durante o inverno, o casal usa aquecedores a gás e querosene. Eles optaram por não terem fornos de microondas, máquinas de lavar ou secadoras, e preferem fazer tudo manualmente, como era feito na época.

O casal não possui telefones celulares, e mesmo que Sarah tenha carteira de motorista, os dois preferem andar de bicicleta. A de Sarah é um modelo de três rodas da década de 1880, enquanto a de Gabriel é uma versão retrô do veículo de duas rodas.

E a tradição de presentes vintage continua. Em aniversários, eles se presenteiam como antiguidades, acessórios e roupas copiadas dos originais. Sarah usa um espartilho diariamente como as mulheres daquele tempo.

O casal cozinha em um fogão a lenha, onde tem um ferro de passar roupa feito de ferro fundido, um moedor de carne mecânico, e muitos outros utensílios manuais.

Como já era de se esperar, eles pensaram em todos os detalhes e a culinária não seria diferente. As receitas do casal são retiradas de um livro de culinária da época vitoriana. A família também coleciona pratos antigos.

Quando compraram uma cama antiga, ela não tinha colchão, então Sarah usou penas de aves e costurou ela mesma.
Gabriel é um ex-bibliotecário, que hoje trabalha em uma loja de bicicletas, enquanto Sarah é escritora.

Em seu tempo de lazer, o casal se dedica a sua atividade favorita, a leitura. Eles estudam livros e revistas do século 19, para se aprofundar ainda mais naquele universo.

Sarah escreve livros de romance no estilo vitoriano, e também sobre moda, moral e etiqueta daquele século. Em suas obras, fica evidente o espírito da época, onde ela retrata com riqueza de detalhes como era a vida naquele tempo, os costumes e tradições. Ela conta que o estilo de vida vitoriano é que a ajuda a dar aos seus textos uma certeza histórica.

Para escrever, ela usa uma velha caneta de tinteiro, na qual a tinta é derramada com uma pipeta, e enxugada para não manchar as letras.

Passado e Presente

Mas mesmo mantendo um estilo de vida no passado, o resto das pessoas estão vivendo na modernidade, sendo assim, os editores não aceitam textos escritos à mão, então ela teve que se adaptar ao computador. Ela gerencia uma página no Facebook, onde compartilha detalhes e informações sobre os seus livros, além de curiosidades sobre a era vitoriana.

 

O casal eventualmente recebe críticas de pessoas que alegam que eles estão pregando somente os fatos externos do tempo vitoriano, e que nem tudo naquela época era tão charmoso quanto o casal aparenta. Mas críticas à parte, os Chrismans também têm uma legião de fãs, fascinados e inspirados pela sua coragem e estilo de vida.

E você o que achou a ideia? Teria coragem de viver assim e abrir mão da tecnologia? Conta para a gente nos comentários.

Próxima Matéria
Via   Ad Me  
Imagens Ad Me
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+