E se Silvio Santos tivesse vencido a eleição de 1989?

POR Ultra Curioso    EM Curiosidades      22/07/15 às 16h24

Silvio Santos é um dos apresentadores mais populares de todo o Brasil, disso não há dúvida. Com uma personalidade irreverente e um carisma invejável, Silvio está entre as personalidades mais influentes do país e é amado por milhões de pessoas. Dono de um império de comunicação, o empresário e apresentador começou de baixo e fez fortuna. Carismático, competente e visionário: e se Silvio Santos fosse o presidente do Brasil? Pois saiba que ele tentou!

No ano de 1989, aconteceu a primeira eleição direta para presidente desde a queda da ditadura militar. Fernando Collor de Mello saiu vencedor contra seu principal adversário, Luis Inácio Lula da Silva , mas apenas 20 dias antes das votações, um candidato chegou para meter medo nos dois, alcançando rapidamente a liderança nas intenções de voto. E era ele, Senor Abravanel, ou como é conhecido: Silvio Santos.

Silvio Santos entrou com o pedido oficial de candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 4 de novembro de 1989, seu número era o 26. Mesmo lançando a candidatura em cima da hora, logo após o anúncio oficial o candidato desbancou Collor em uma pesquisa do Instituto Gallup. O Homem do Baú liderava as intenções de voto com 29%, seguido por Collor, que tinha 18,6%. Em terceiro lugar estava Lula, com 10,6%.

6mar14

Entretanto, mesmo tornando-se o preferido do povo, Silvio começou a enfrentar os ataques. Dois dias depois de lançar a candidatura, o PRN (partido de Collor) entrou com um pedido no TSE para a extinção do partido do apresentador. A alegação era a de que o PMB, que era o partido de Silvio, não havia feito o número mínimo de convenções exigido pela legislação eleitoral. Então, no dia 9 de novembro de 1989, o TSE cassou por unanimidade o registro do PMB, e anulou a candidatura de Silvio Santos, que não quis recorrer da decisão.

Mas as propostas de Silvio, caso fosse o presidente, eram no mínimo realistas e viáveis para a época. O país sofria com uma inflação galopante, desemprego e salário mínimo baixo. Quando questionado sobre como seria seu governo, Silvio disse: "Meu primeiro assunto, no caso de me eleger, seria terminar com a inflação. O segundo seria resolver o problema do salário mínimo.

O terceiro seria a saúde. A principal preocupação do homem simples, do homem que trabalha e tem dificuldade, é quando ele tem um problema de saúde. Ele não tem condições de pagar um médico, comprar um remédio, então seria um problema a resolver. O quarto seria habitação, o aluguel que vai subir e não temos onde morar. E o quinto problema que tratarei é a educação. Tenho que atacar um problema de cada vez. Não acredito que alguém possa atacar todos os problemas juntos. Temos de atacar um de cada vez".

Pois é, não foi em 1989 que o povo pôde dizer a Silvio "ma ôi vem pra cá, vem pra cá!", mas quem sabe um dia, não é? Silvio Santos, sendo quem ele é, pode muito bem decidir por tentar de novo. E você, votaria nele?

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+