Os carros, pelo menos em algumas situações, são extremamente importantes na nossa sociedade. Ele é um dos bens de consumo mais desejados e ninguém pode negar que também é um item bastante útil. Afinal, as pessoas precisam se locomover. E quanto mais prático e confortável for, melhor. Mas os carros também causam vários problemas para o meio ambiente. Ainda mais em um mundo onde cada vez mais autompóveis estão na rua e isso acaba virando um problema em grande escala.

Mesmo que o aumento da quantidade de carros possa ser um problema, ele ainda é um objeto de desejo. E uma coisa, que sempre ficou no imaginário geral das pessoas, desde várias décadas passadas, é o sonho do carro voador.

Publicidade
continue a leitura

Desenhos e filmes sempre nos mostraram que, no futuro, esses carros seriam uma realidade. Geralmente, a linha do tempo dizia que, nos anos 2000, isso seria uma realidade para todos. Conforme fomos avançando no tempo, vimos que essa realidade era mais difícil de se alcançar, do que como víamos nas obras ficcionais.

Mas isso não quer dizer, que tentativas não foram feitas, para tentar chegar a esse tão sonhado carro voador. E vários protótipos já foram feitos, alguns países já estão investindo neles e alguns estados fazendo leis para quando eles forem uma realidade.

E da mesma forma que pensamos em carros voadores, é lógico pensar que também teremos táxis aéreos. A startup alemã Volocopter acabou de anunciar que já está aceitando reservas para viagens de táxi aéreo elétrico. Essa viagens serão feitas à bordo da aeronave da empresa chamada VoloCity.

Experiência

A experiência chamada "VoloFirst" custa 300 euros e pode ser reservada com um depósito de 10% do valor. No entanto quem quiser ter essa experiencia tem que ser rápido porque a empresa disponibilizou somente mil ingressos para a pré venda.

Publicidade
continue a leitura

Por mais que a pessoa tenha que ser rápida para garantir a sua vaga, ela terá que ser paciente e esperar até três anos para que possa experimentar essa emoção do táxi aéreo.

“Embora a certificação final para táxis aéreos ainda esteja pendente, temos um cronograma realista detalhado para lançar voos comerciais da VoloCity nos próximos dois a três anos”, disse o COO da empresa, Christian Bauer.

Essa experiência de 300 euros dará o direito a um voo de aproximadamente 15 minutos “programado nos primeiros 12 meses após o lançamento comercial”. Além disso, a pessoa terá um vídeo do seu voo e um certificado de edição limitada.

O VoloCity tem 18 rotores e pode transportar até dois passageiros mais bagagem de mão. E ele vai a uma velocidade de até 110 quilômetros por hora.

Realidade

Publicidade
continue a leitura

A empresa fez vários avanços no sentido de tornar os táxis aéreos elétricos uma realidade. Praticamente um ano atrás, o carro totalmente elétrico da Volocopter fez sua estreia em um voo urbano em uma apresentação em Stuttgart, na Alemanha. E um mês antes dessa apresentação, a aeronave 2X multirotor da Volocpter se tornou a primeira do tipo a decolar verticalmente em um aeroporto internacional.

O momento em que os céus estarão lotados de táxis aéreos ainda está longe. A infraestrutura ainda precisa ser construída, os governos precisam redigir uma legislação nova e um sistema de gerenciamento de tráfego de voos totalmente novo. Isso tudo antes que vários táxis aéreos estejam voando por aí.

Publicado em: 21/09/20 19h04