Essa ilusão de ótica intrigante está deixando toda internet boquiaberta
Tempo de leitura:2 Minutos, 42 Segundos

Essa ilusão de ótica intrigante está deixando toda internet boquiaberta

O termo “Ilusão de Ótica” refere-se a todos os tipos de ilusões que nos fazem ver uma coisa que não existe ou que possuem um significado diferente do que somos capazes de ver. É como se o sistema visual do ser humano fosse enganado. Essa ilusão pode ser proposital, com fins psicológicos e científicos a fim de identificar transtornos, traumas ou entender melhor a capacidade e as dificuldades da visão. Mas também podem ser naturais, estando presentes nos elementos e situações do dia-a-dia.

Um bom exemplo da fabricação de ilusões de ótica está na imagem acima. Ela foi criada e desenhada pela ilusionista Victoria Skye.

A imagem é poderosa e chamou a atenção dos internautas devida a sua alta capacidade em confundir a nossa visão.

Victoria questionou os internautas com o seu desafio visual:

“As barras horizontais parecem dobrar e estar em um ângulo? Olhe novamente, porque eles não se dobram”.

A verdade é que nossos olhos não são conseguem decifrar a complexidade do desenho.

Nós vemos linhas tortas, que se alternam como se fossem perpendiculares, e fossem se encontrar no horizonte. Mas na realidade, elas são retas.

Quer dar mais uma olhada para tirar a prova?

Para confirmar o poder de persuasão visual da ilusão de ótica é possível comprovar com uma régua que todas as linhas tortas, na verdade são extremamente retas.

“A razão pela qual a ilusão existe tem a ver com a forma como as bordas claras e escuras contrastantes interagem em direções opostas ao longo da borda reta, enganando o cérebro para pensar que há uma inclinação na linha”, explicou a ilusionista em entrevista ao site Vix.

Michael Bach, um especialista da temática (a imagem acima, de Angelina Jolie, é uma de suas criações de ilusão de ótica), explica que “as ilusões servem para pôr a prova o grau em que entendemos nossa percepção visual”, disse ele à BBC Mundo.

No entanto, o cientista esclarece que a condição do efeito não explicita um problema ou uma falha do nosso sistema. Para ele, na verdade, o fenômeno só realça a incrível capacidade da visão em se adaptar.

A ilusão de ótica de sua imagem consiste no fato de que o olho azul não é de fato, azul e sim da mesma cor do lado cinza. No site de Bach, você confere a explicação para esse jogo de efeito, além de conferir outros inúmeros trabalhos desse ilusionista.

Por outro lado, a inspiração de Victoria para seu desenho provem de outra ilusão de ótica célebre, conhecida como “Coffe-Wall” e criada por Richard Gregory. (Ver imagem acima)

“Na minha versão da famosa ilusão, juntei a ilustração original com o trabalho de Akiyoshi Kitaoka, que desenvolveu várias versões diferentes usando o mesmo efeito subjacente”, ela esclarece.

Para quebrar o efeito conflitante da imagem basta desfocar, distorcer ou mudar o ângulo de visão ou de resolução da imagem. Ela explica que assim, “o cérebro já não pode ser enganado”.

Em seu site, Victoria faz questão em afirmar que “todos podemos ser mágicos e alcançar o impossível”. Você duvida?

Gostou desse truque de ilusão de ótica? Então não esqueça de deixar o seu comentário sobre a matéria e aproveite para compartilhar essa confusão visual com seus amigos.