Curiosidades

Estudo diz que o seu gato tem os mesmos problemas emocionais que você

0

Os gatos foram domesticados pelo homem há milhares de anos. E, desde então, essa parceria de sucesso se tornou cada vez mais forte. Estes animais super inteligentes, segundo os cientistas, possuem estrutura de memória muito semelhante a nossa. O que faz com que pensemos que as atitudes de um gato não sejam tão inocentes assim.

Desde as antigas civilizações até os dias atuais, os felinos estiveram ao lado dos humanos. Eles basicamente acompanharam toda a nossa evolução como sociedade. Além de belos e misteriosos, este animais são extremamente higiênicos e inteligentes. Ter um gato em sua casa pode ajudar com problemas relacionados a estresse e ansiedade, bem como com questões ligadas à solidão.

O mundo geralmente é dividido entre as pessoas que amam os gatos e as pessoas que são apaixonadas pelos seus cachorros. E de fato, os bichinhos são realmente diferentes, e consequentemente, o perfil das pessoas que se atraem tanto para um lado, quanto para o outro, também.

Muitas pessoas têm um certo preconceito com os gatos. Mas, talvez, isso seja um pouco devido a sua independência, que várias vezes é confundida com apatia. Se você é uma dessas pessoas, essa ideia pode estar prestes a mudar.

De acordo com um estudo, os gatos fazem um vínculo muito profundo com seus donos e isso reflete nas emoções dos animais. Os gatos são “infectados” com a personalidade e as emoções dos seus donos. Se essas emoções são estáveis, ou não, isso não importa. Elas afetarão o comportamento do bichinho todos os dias.

Pesquisa

O estudo foi feito pelas universidade de Lincoln e Notthingham Trent, do Reino Unido. Ele conseguiu identificar essa relação entre as emoções dos humanos e como ela influencia no bem-estar dos gatos.

Foram examinados mais de três mil donos de gatos, para ver qual era o seu estado de saúde e como era o comportamento dos seus animais de estimação. E a personalidade dos donos foi medida pelo teste Big Five Inventory. O teste avalia gentileza, extroversão, consciência, instabilidade emocional e abertura das pessoas. Ele considera essas as principais dimensões da personalidade.

Relação

O resultado do estudo mostrou que a relação, entre o dono e o seu gato, é parecida com a de um pai com seus filhos. Principalmente, quando diz respeito como a personalidade paterna afeta o caráter do filho.

Foi visto que os donos, que tinham maior nível de instabilidade emocional, tinham gatos mais agressivos. As pessoas, que tinham altos níveis de estresse, tinham gatos mais ansiosos ou medrosos, quando saíam ao ar livre. E também tinham problemas médicos constantes, principalmente, sobrepeso.

Mas nem sempre são problemas. Os donos mais extrovertidos tinham gatos mais amigáveis. E alguns donos disseram que seus animais tinham sinais de satisfação. Os gatos tinham um peso normal de acordo com uma pesquisa de saúde.

Aqueles que tiveram um nível mais alto de consciência, no teste do Big Five Inventory, tinham gatos que conseguiam conviver com outras pessoas e outros gatos com mais facilidade.

As emoções humanas são difíceis de controlar e, às vezes, também difíceis de entender. Então, talvez esse estudo venha mostrar que os gatos sejam os animais perfeitos para entender os humanos completamente.

7 bilhetes perturbadores deixados por serial killers nos locais dos crimes

Matéria anterior

Como funciona o cérebro de uma fã de serial killers?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.