Fatos NerdNotícias

Kishimoto revela inspiração para escrever Samurai 8

0

Após o fim de Naruto, em 2014, todos se perguntaram o que Masashi Kishimoto faria em seguida. Muitos acreditaram que ele faria parte da equipe de Boruto: Naruto Next Generations, mas isso não aconteceu. Foi então que, em 2019, foi anunciado o mais novo mangá do autor, Samurai 8: The Tale of Hachimaru.

Apesar de a história ter sido encerrada apenas um ano após seu lançamento, muito se discute sobre as ideias do autor. Recentemente, Kishimoto revelou uma de suas inspirações para a história de Samurai 8. Akira (1988), o anime cyberpunk mais importante da história, foi uma das obras que mais inspirou o finado mangá. Thiago Nojiri, tradutor brasileiro, compartilhou em seu Twitter essa informação. O autor foi ainda mais preciso, e citou uma cena em específico:

Essa cena é uma das mais filosóficas de todo o longa, na qual os personagens Kei e Kanada discutem sobre temas importantes. O assunto principal é a origem da vida, memória e criação. A conversa é encerrada quando eles se questionam: e se uma ameba ganhasse o poder de um ser humano?

O tema, certamente, seria mais explorado com o passar capítulos, mas devido ao cancelamento nunca saberemos as reais intensões do autor. Nossa aposta é que isso teria alguma relação com a busca do protagonista pela Caixa de Pandora.

Como dito anteriormente, Akira foi uma das obras mais importantes dos anos 80, relevante até os dias de hoje. Escrito por Katsuhiro Otomo, o mangá foi lançado em 1992 e terminou em 1990 com 6 volumes. A história se passa em futuro não muito distante, em uma cidade chamada Neo-Tóquio. A trama acompanha um grupo de motociclistas que se envolve em uma trama misteriosa e sobrenatural.

Samurai 8

Lançado em maio de 2019, com seu fim em março de 2020, Samurai 8 tinha grande potencial, mas não conquistou o público. A história escrita por Masashi Kishimoto se passava em um mundo fictício, que mistura o Japão antigo, com diversas tecnologias futurísticas. A trama acompanha Hachimiru, uma criança com sérios problemas de saúde, que quer viajar pelo mundo e se tornar um samurai. Ele terá que enfrentar grandes desafios para superar suas dificuldades físicas, ao mesmo tempo em que precisa salvar o mundo de um grande mal.

Infelizmente, como dito anteriormente, o mangá não foi muito popular e acabou sendo cancelado antes do fim. Kishimoto estava planejando escrever entre 8 e 10 volumes. Enfim, os fãs agora têm que torcer para ter uma lançar algo novo e apaixonante, como Naruto foi.

NASA descobre evidências de um possível universo paralelo

Matéria anterior

Estudo sugere que a barba evoluiu para absorver socos na cabeça

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos