Entretenimento

Morador de Cuiabá flagra caminhão de lixo com varal de calcinhas

0

Já imaginou você se deparando com uma velha roupa íntima sua pendurada em um caminhão de lixo? Em Cuiabá, pode ser que algumas moradores tenham esse reencontro. Isso porque um caminhão de lixo da cidade fez um varal de calcinhas, o que chamou atenção de um morador.

Ao jogar o caso na internet, diversas especulações surgiram sobre o sentido daquela decoração incomum. A cena foi registrada por um policial militar no dia 12 de maio, enquanto ele andava pela cidade de Várzea Grande, na região metropolitana da capital Cuiabá.

Fonte: Reprodução

Filmagem íntima

A princípio, Luiz Henrique Lobo estava em seu carro cumprindo sua obrigação de pai de buscar o seu filho que estava no bairro Cristo Rei. No entanto, durante o caminho, ele se deparou com uma cena para lá de inusitada.

Basicamente, um caminhão de lixo possuía um varal de calcinhas cruzando as paredes da caçamba. Imediatamente, Luiz pegou seu celular e registrou aquela decoração fora da caixinha. “Mano, e esse caminhão cheio de calcinhas penduradas… Alguém sabe me explicar o motivo disso?”.

Depois de postar o conteúdo em suas redes sociais, outras páginas pegaram o material e republicaram. Logo, diversos palpites surgiram sobre a razão dos funcionários fazerem aquele adorno.

Enquanto alguns acreditam que tudo não passa de uma brincadeira, outras pessoas suspeitam que seja uma mandinga para trazer sorte no amor. Há também aquelas pessoas que sugerem que as calcinhas servem para deixar os garis inspirados durante o expediente.

Fonte: Penki Ir

Por outro lado, internautas aproveitaram a situação para fazer piadas com a situação. Um deles diz: “Deve ser caminhão do falecido cantor Wando”, em referência ao falecido cantor que recebia calcinhas no palco. Uma segunda usuária do Facebook diz: “Estão no clima para as festas juninas, já penduraram as bandeirolas”.

Conforme relata Luiz Henrique, aquela é a cena mais inusitada que ele já viu na vida dele. “Achei muito engraçado aquilo, filmei e compartilhei nas minhas redes sociais. O vídeo foi até para um perfil no Instagram, onde muitos reconheceram a minha voz”, complementa o policial.

Calcinhas lovers

O varal de calcinhas no caminhão de lixo gerou pouca revolta nas redes sociais, afinal, a decoração foi feita com peças em desuso. Porém, em março, um fissurado por essas peças íntimas gerou revolta durante sua conduta desrespeitosa no Pará.

Na cidade Prainha, no oeste paraense, um homem invadia uma casa e praticava seu fetiche por essas peças íntimas. As visitas aconteciam quando a família do domicílio estava fora do imóvel e incluía rituais como cheirar e vestir as calcinhas. Além disso, o invasor se masturbava e devolvia a peça de roupa suja de sêmen ao varal.

Por isso, a família da residência precisou se mudar três vezes ao longo de 10 anos, mas mesmo assim, a inconveniência do homem continuava. Nesse sentido, o dono da casa, Nicodemos Carvalho, resume como ocorria o ato de indecência e o impacto dele em sua vida familiar:

“Há mais de 10 anos que estamos sendo abusados por esse cara. Fomos obrigados a mudar de casa duas, três vezes por causa desse maníaco. Ele entrava em casa, usava as roupas da minha esposa, se masturbava e deixava as roupas imundas na corda. Um cara que faz uma coisa dessas é doido ou está pedindo para morrer”.

A fim de combater as invasões, o proprietário da casa resolveu deixar um celular gravando a ação. Em seguida, Nicodemos entregou as filmagens para a Polícia Civil, que prendeu o suspeito.

Na Delegacia, o invasor assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e recebeu a liberação. Agora, ele responde em liberdade pelos crimes de: invasão a domicílio e violência psicológica.

Fonte: G1

Cuidador perde o dedo ao tentar acariciar leão

Matéria anterior

Amazônia tinha pirâmides de terra batida, segundo confirmação de estudo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos