YouTube

O suposto número que Deus usou para criar o universo

0

Você saberia responder de imediato o que é uma proporção áurea? Para muitas pessoas, isso pode representar um grande ponto de interrogação na mente neste momento, assim como para este, que vos escreve neste momento. E se te contássemos que talvez a resposta é que tenha sido a suposta equação que gerou o número utilizado por Deus para criar tudo o que conhecemos no Universo, incluindo o próprio?

A proporção áurea é uma constante real algébrica irracional. Na matemática, ela é representada pela letra grega Phi (φ), e foi inspirada pelo arquiteto Phidias, que criou tal conceito quando ajudou a projetar o Parthenon, no século V a.C. No início do século XIII, a proporção áurea, ou Proporção Divina, como começou a ser chamada, passou a se tornar mais elaborada.

Leonardo Fibonacci descobriu uma sequência infinita de números que sempre se aproximam do número 1,618, que ficou conhecido como número de ouro. A proporção áurea já foi utilizada na música, na arquitetura e já foi encontrada até mesmo na natureza. Algumas pessoas dizem que ela é a prova da criação de Deus.

As obras criadas a partir dessa proporção nos trazem a sensação de beleza e harmonia. Tal harmonia já foi reconhecido nas Pirâmides de Gizé, por exemplo, e na Capela Sistina.

Pensando nisso, a equipe da Fatos Desconhecidos produziu um vídeo incrível para nosso canal do YouTube sobre o tema e que você pode conferir logo abaixo. Não se esqueça de se inscrever no canal para se manter sempre atualizado quanto às novidades e de compartilhar essa novidade com os amigos.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Jovem tem terrível surpresa ao encontrar homem vivendo dentro do seu armário

Matéria anterior

Esse pássaro merece o título de melhor pai do ano

Próxima matéria

Mais em YouTube

Último Dia

O Último Dia de Leandro

Leandro, que fazia dupla com Leonardo, foi um dos cantores mais icônicos do sertanejo nacional. Confira conosco como foram seus últimos dias.

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.