Curiosidades

Qual o valor dos incríveis edifícios que aparecem em Bridgerton, a mais nova série do Netflix?

0

Bridgerton é o mais novo sucesso da Netflix. Produzida pela magnífica Shonda Rhimes, a série, regada a luxo e ilustrada por personagens extravagantes, retrata a Londres Regencial e é por isso que em todos os seus capítulos nos deleitamos tanto com bailes glamourosos como com sonhos escapistas.

A história é baseada na série de livros “Os Bridgerton“, de Julia Quinn. As obras de Quinn, sem dúvida, são extremamente populares, mas foi juntando o carisma da produção literária de Quinn e a experiência de Rhimes que a adaptação conseguiu cativar uma legião de fãs.

Além da história em si, dos surpreendentes personagens e da construção da trama, as locações escolhidas para as gravações é um dos detalhes que mais chamam a atenção ao longo de seus oito episódios. Palácios, casas de campo e jardins bucólicos deixam todos aqueles que decidem maratonar a série de boca aberta.

Enquanto o Netflix não confirma a segunda temporada, decidimos fazer uma lista revelando o valor das propriedades que aparecem na série. Portanto, confira, agora, quanto vale cada uma.

1. Residência da Rainha Charlotte: Hampton Court Palace, Richmond, Londres, Inglaterra

Valor – £ 473.096.481 ( R$ 3.403.575,00)

O Hampton Court Palace, localizado a pouco mais de 20 quilômetros do centro de Londres, pertenceu ao cardeal Thomas Wolsey. Em 1529, quando o cardeal morreu, Henrique VIII, fundador da Igreja Anglicana, se apropriou do edifício. Quando esteve sob seu domínio, o monarca fez uma série de ampliações. No entanto, foi somente no reinado de William III que o palácio passou por um grande processo de expansão, tornando, assim, o que é hoje.

2. A Residência do Duque e da Duquesa: Castelo Howard, York, Inglaterra

Valor – £ 213.416.717 ( R$ 1.535.370,00)

Localizado a 40 quilômetros de York, o Castelo Howard, que, na verdade, é uma casa de campo, tem sido o lar da família Howard por mais de 300 anos. O local, rodeados de jardins exuberantes e decorado com peças antigas, basicamente, é um extraordinário fragmento do passado. Em suma, a maior parte do edifício foi construído para Charles Howard, 3º Conde de Carlisle, entre 1699 e 1712.

3. Residência do duque de Hastings, Wilton House, Salisbury, Wiltshire, Inglaterra

Valor – £ 111.971.261 (R$ 805.5484,00)

A Wilton House tem sido sede dos Condes de Pembroke por mais de 400 anos. O local começou a ser expandido em 1544, quando esteve sob o domínio de William Herbert, primeiro Conde de Pembroke. A residência, além disso, sempre foi um refúgio para políticos e artistas da Inglaterra. Financiado pela Wilton House Trust, o programa de restauração e melhorias, que começou sob o reinado de William Herbert, continua até hoje.

4. The Gentlemen’s Club, Lancaster House, Londres, Inglaterra

Valor – £ 67.066.159 (R$ 482.490,00)

A Lancaster House é administrada pelo Foreign, Commonwealth & Development Office. Situada perto do Palácio de Buckingham, a histórica casa oferece um cenário magnífico, uma localização central de prestígio e instalações de primeira para todos os tipos de eventos. Repleta de histórias e magnificamente preservada, a Lancaster House tem uma ampla variedade de quartos e, claro, um jardim estupendo.

5. Residência de Lady Danbury, Museu de Holburne, Bath, Inglaterra

Valor – £ 44.534.990 (R$ 320.389,00)

O Museu Holburne está localizado em Sydney Pleasure Gardens, Bath, Somerset, Inglaterra. A primeira galeria de arte pública da cidade, o edifício abriga artes plásticas e objetos de decoração que fizeram parte da coleção de Sir William Holburne.

Bebês inspiram células cancerosas durante o parto vaginal em caso extremamente raro

Matéria anterior

Todos os documentos que a CIA têm sobre OVNIs estão disponíveis para download

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar