• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Sentinelas da Marvel tiveram um terrível upgrade nos quadrinhos

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      26/02/19 às 15h06

Um dos elementos mais marcantes dentro do universo X-Men é a presença das Sentinelas. Esses robôs gigantes fazem parte do mundo mutante há tanto tempo que mal podemos desvincular um do outro. As Sentinelas começaram como meras máquinas que auxiliavam na captura e no extermínio dos mutantes, aos poucos, contudo, a participação desses robôs cresceu nas histórias. Em especial na série animada clássica dos X-Men, da década de 1990. Elas foram usadas em diversas histórias e são constantemente vistas em oposição aos heróis. Embora a primeira imagem que vem à mente ao falar sobre elas sejam robôs gigantes, existem vários modelos de Sentinelas. Elas foram aperfeiçoadas com o tempo e usadas por organizações diferentes para caçar os mutantes, inclusive por agências do governo.

Na série The Gifted, por exemplo, elas estão em fase inicial, por isso, são mostradas como pequenas máquinas, semelhantes à aranhas mecânicas. Porém, já apresentam potencial para ser algo mais. As Sentinelas causam muito problema todas as vezes que aparecem. Apesar de serem robôs, sua carcaça é resistente, elas são dotadas de inteligência artificial, dão trabalho aos heróis e várias delas possuem um vasto arsenal de ataque. Seja como for, todas essas versões tinham algo em comum: todas elas eram sintéticas. Até agora.

A evolução das Sentinelas

Na linha atual da Marvel Comics, tanto Ciclope quanto Wolverine voltaram dos mortos. Cada um deles com seus próprios problemas para revolver. Mesmo assim, eles unem forças para enfrentar inimigos em comum em Uncanny X-Men #12. Os dois se encontraram para resgatar os amigos que são mantidos prisioneiros em uma instalação no governo. Wolverine bola um plano para tentar agir sem serem detectados. No entanto, tudo vai de mal a pior quando um grupo de Sentinelas aparece.

O que poderia ter sido um confronto simples, se torna uma situação delicada quando Wolverine sente cheiro de sangue em suas garras após atacar um dos robôs. Quando eles removem parte do casco, descobrem que, por debaixo dele, existe uma pessoa. E não qualquer uma. Ciclope e Wolverine se deparam com Guido Carosella, mais conhecido como Strong Guy (ou Fortão, no Brasil). Carosella é um mutante e já fez parte dos X-Men. Contudo, encontrava-se desaparecido desde sua contaminação pelo vírus Transmode. O homem parece desnorteado e teve parte de seu corpo fundido à máquina. Toda a cena é forte o suficiente para deixar Wolverine abalado.

Algo tem acontecido aos mutantes, pois Carosella não foi o primeiro. Seria essa a próxima evolução das Sentinelas? Fique ligado na Fatos Nerd para mais novidades dos quadrinhos.

Uncanny X-Men #12 é escrito por Matthew Rosenberg, com arte de Salvador Larroca.

Próxima Matéria
Via   Wiki     CBR     Marvel  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+