Entretenimento

Sinais que seu pet precisa da sua ajuda

Pet
0

Ter um cachorro em casa é garantia de um amor incondicional. Eles são fofinhos, engraçados, leais e uma ótima companhia, mesmo aqueles que parecem ser muito assustadores, afinal, o que importa é a forma que são treinados.

A conexão que criamos com eles é tão forte que, mesmo sendo de raças completamente diferentes, conseguimos entender o que querem nos dizer… pelo menos em alguns casos. 

Em outros, é muito difícil entender exatamente o que uma lambida ou um incômodo repentino significa. Eles não sabem falar e nós não sabemos latir! Por isso, é importante estar atento a esses sinais de que seu pet precisa da sua ajuda.

Você já deve ter ouvido falar que ter um cachorro aumenta a expectativa de vida. Pois bem, isso é verdade! Ter um cachorro amado em casa diminui as chances de um ataque cardíaco em 3%. Isso porque o pet acaba estimulando o dono a se movimentar. Jogar a bola, buscar a bola, caminhar, dar banho. Sem o animalzinho em casa, você fica simplesmente sentado.

Além disso, ele ajuda a aliviar o estresse quando precisa de nós e quando pede carinho ou uma sessão de brincadeira. Querendo ou não, eles nos ajudam muito mais do que pensamos.. Então, precisamos prestar atenção até nas mudanças mais sutis no comportamento deles.

O cachorro está comendo um tanto normal, nos horários comuns? Ele está tomando água? Está fazendo muita bagunça? O pelo está opaco ou caindo? Ele está chorando muito? Latindo muito? Reclamando quando você encosta em alguma parte dele? Tudo isso você deve sempre se perguntar. 

Tosse

Você já ouviu seu pet tossir? Não requer tratamento e geralmente se cura sozinho dentro de duas semanas. O problema é que é contagioso, então se você tiver mais de um pet em casa, é bom isolar o que está tossindo.

No entanto, se for um filhote ou uma raça com a cara amassada, como no caso dos buldogues, pugs, boxers e pequineses, o caso pode ser mais sério e é bom observar atentamente. Isso acontece porque o formato do rosto dele dificulta ainda mais a respiração.

Espirro reverso

Tem outro som que você pode perceber em raças menores conhecido como espirro reverso, que pode indicar uma irritação de garganta. Ele também desaparece sozinho, mas se durar mais de 2 semanas, procure um veterinário.

Vômito

Cães também podem vomitar de vez em quando, mesmo saudáveis. Eles podem comer demais com uma velocidade absurda ou então começam a correr e brincar logo depois da refeição, o que causa esses vômitos. Contudo, pode ser que seja mais sério.

Vômitos às vezes são causados por problemas gastrointestinais, pancreatite, entre outras condições. Se o cão estiver vomitando muitas vezes ao dia, ligue para a clínica.

Sangue no vômito

O sangue no vômito também é alarmante, já que o cachorro pode ter engolido um objeto pontiagudo, como um osso quebrado. Outra coisa para ficar atento é se a barriguinha do seu pet estiver inchada.

Saiba a diferença entre uma refeição grande e um problema que acontece mesmo sem ter a ver com a comida. Isso pode ser um distúrbio digestivo ou até uma hemorragia interna.

Inatividade ou hiperatividade

Pet

Reprodução

Se o seu pet é cheio de energia mas, de repente, fica deitado o dia todo, pode ser sinal de um problema. Letargia está relacionada a uma série de problemas como diabetes, hipoglicemia e anemia.

Já a agitação fora do comum também pode ser um sinal. Se o seu pet estiver muito ansioso, tremendo ou choramingando muito, pode ser que ele tenha sarna, raiva, Síndrome de Cushing e até problemas cardíacos. Isso também é um efeito colateral por comer chocolate, então nunca dê esse doce para seu pet.

Perda de peso

A perda de peso inexplicada, cerca de 10% do peso normal, pode ser resultado de um distúrbio metabólico, problemas no rim ou no fígado, câncer ou doenças neuromusculares. Muitos acreditam que, com o envelhecimento, o cachorro perde peso, mas isso não é verdade. A verdade é que ele se torna mais suscetível a doenças que causam a perda de peso.

Excesso de lambidas

Excesso de lambidas pode ser algo problemático. Se for em um ponto específico, pode ser dor ou coceira causada por pulgas ou alguma alergia. Se for uma superfície estranha, pode ser um problema gastrointestinal.

Excesso de urina

Se o seu cachorro estiver urinando além do normal, com maior frequência, pode ser um sinal sério de diabetes. Assim, se for o caso, ele vai sentir sede o tempo todo. Se for com menos frequência, pode ser que seu cão tenha pedras nos rins ou uma infecção urinária.

Perda de pelo

Contudo, se ele estiver perdendo pelo na orelha, pode ser um sinal de pulgas, carrapatos, sarna ou acaríase. Pode, inclusive, ser uma infecção fúngica, parasitas ou problemas hormonais! Então, leve-o para o veterinário imediatamente.

Falta de apetite

Cachorro comendo

Reprodução

A falta de apetite também é um sinal preocupante se o bichinho estiver a mais de 24 horas sem comer, podendo ser resultado de dor, febre ou estresse. Então, se encontrar algum desses sintomas, considere marcar uma consulta, já que eles merecem toda a nossa atenção.

NASA divulgou os sons tenebrosos da lua de Júpiter

Matéria anterior

A maquiagem mortal da Rainha Elizabeth I

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos