Natureza

Sousatitan: o dinossauro de espécie inédita encontrado na Paraíba

0

O osso do dinossauro Sousatitan, encontrado em 2014 no município de Sousa, na Paraíba, está em exposição no Museu do Vale dos Dinossauros desde 2018. Segundo os paleontólogos que estudaram o fóssil, esse dinossauro pode ser de uma espécie inédita no Nordeste, embora ainda seja necessário a coleta de mais provas e fósseis para concluir a que espécie o dinossauro pertence.

Ao G1, a gerente do Vale dos Dinossauros, Alessandra Mariz, afirmou que o fóssil já estava em Sousa desde 2016, mas ainda não havia sido catalogado. Após quatro anos de seu descobrimento, o osso foi disponibilizado para visitas do público. Vale ressaltar que Sousatitan é um apelido atribuído ao dinossauro pelos pesquisadores envolvidos no estudo, já que a espécie a que ele pertence ainda não foi totalmente desvendada.

Pinterest

O museu Vale dos Dinossauros funciona de terça-feira a domingo, das 8h às 17h (horário local). A entrada é gratuita e o visitante conta com um passeio guiado por monitores. Além do osso do Sousatitan, os interessados podem ver outros fósseis e também uma trilha de pegadas de dinossauro.

A descoberta do fóssil

O dinossauro apelidado de Sousatitan pertence à família titanossautidae. Em 2014, o osso foi encontrado por um morador de Sousa, próximo à lagoa de uma fazenda, na zona rural da cidade. O fóssil indicava se tratar de uma fíbula (osso da perna do animal).

Segundo a professora doutora Alcina Barreto, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), “o morador compartilhou as imagens em redes sociais e tomamos conhecimento. Com a ajuda da secretaria de turismo da cidade, nós recebemos o material, fizemos a retirada da rocha e iniciamos o estudo”.

sousatitan

Aline Ghilardi/Arquivo Pessoal

Essa foi a primeira vez que um fóssil dessa família de dinossauros foi encontrado no Nordeste. No entanto, outros fósseis da mesma família já foram encontrados no interior de São Paulo.

O Sousatitan

De acordo com o grupo de pesquisa da UFPE, a estimativa é de que o titanossauro tenha habitado a região da Paraíba há cerca de 130 milhões de anos e tenha vivido na região fluvial do Rio Piranhas. O fóssil é um dos mais antigos já encontrados no Brasil.

UFPE

Os paleontólogos acreditam que o dono do osso encontrado tenha sido um dinossauro jovem, de 1,60 metros de altura e 5,70 metros de comprimento, que morreu antes de atingir a idade adulta. Ao G1, a pesquisadora Alcina Barreto explicou que ainda não é possível afirmar se a espécie encontrada é inédita no mundo.

“Infelizmente não podemos dizer que é uma nova espécie ainda. A fíbula não é suficiente para fazer uma descrição, identificação de um gênero ou espécie. A anatomia da fíbula classifica a nível família, no caso é titanosauridae”, explicou a professora.

Alcina ressaltou, ainda, que “é importante realizar mais pesquisa e coleta de novos fósseis para estudo. Os elementos ósseos mais importantes para a identificação de gênero ou espécie são crânio, cintura pélvica (bacia)”. Estudos complementares continuam sendo realizados para entender melhor sobre a espécie do Sousatitan e para desvendar os mistérios desses animais gigantes que habitaram o Brasil há milhares de anos.

Fonte: G1

Elden Ring: Jogo estreia com forte pico de jogadores

Artigo anterior

Microrganismos extraterrestres podem ser perigosos aos humanos

Próximo artigo