Curiosidades

Unhas: para que servem?

0

O corpo humano é fascinante e também é objeto de pesquisa há milênios. Contudo, mesmo com o avanço da ciência e da tecnologia, existem perguntas simples que permanecem em nossas mentes por muito tempo. Talvez, você nunca tenha parado para pensar sobre ou então você nunca pesquisou para encontrar a resposta. Assim, uma dessas perguntas são “por que temos unhas?” e “para que servem as unhas?”.

Hoje em dia, unhas são praticamente acessórios corporais. Pintamos, alongamos, lixamos das mais diversas formas, indo até contra a funcionalidade. Agora, imagine o que isso significaria quando ainda éramos nômades. Seria possível sobreviver com unhas de acrigel?

Já sabemos que esse não é o motivo pelo qual temos unhas. Então, veja porque temos unhas, afinal.

Por que temos unhas?

Unhas

(Alamy)

De acordo com o professor de antropologia da Universidade de Wisconsin-Madison, unhas estão presentes em todos os primatas, incluindo nós, humanos, para sustentar as pontas dos dedos.

Sendo assim quando consideramos proporções, as pontas dos nossos dedos são mais largas, em média, em comparação com outros primatas. Além disso, unhas possuem uma variedade de funcionalidades que podem nos responder a razão pela qual temos unhas.

Fortalecimento

A parte firme que cobra as pontas das unhas faz com que as pontas dos dedos seja uma das partes mais firmes da mão. Então, isso faz com que tarefas diárias como segurar algo seja menos perigoso. Além disso, as unhas possuem pequenas veias que permitem o fluxo de sangue mesmo que estejamos segurando algo com muita força.

Proteção

Ter as unhas para cobrir as pontas dos dedos previne a entrada de vírus ou bactérias no corpo. Logo, se a cutícula estiver machucada, você corre mais risco de ter infecções.

Melhora da coordenação motora

As unhas também melhoram a coordenação motora fina como a sua capacidade de arranhar e separar, como as páginas de um livro ou os fios de cabelo na sua cabeça. Além disso, uma pessoa pode usar as unhas para levantar um item.

Sensação

Pode não parecer, mas as unhas possuem uma rede delicada de terminações nervosas que permitem maior sensibilidade nas pontas dos dedos.

Dessa forma, não é exatamente necessário ter as unhas para sobreviver, mas elas ajudam com diversas tarefas. Consegue imaginar como seria se as unhas fossem moles e capazes de virar com facilidade? A firmeza e a existência das unhas como são impede que isso aconteça. Ainda bem!

Unhas do pé

A principal função das unhas do pé é provavelmente nos proteger, diferente da melhora na habilidade de segurar ou coordenação motora que as unhas das mãos oferecem.

As pontas dos dedos do pé são muito vulneráveis a machucados e, como todos nós já sabemos, quinas de móveis. Tendo uma unha firme em cima dos dedos, isso nos torna mais protegidos.

Um fato interessante é que as unhas das mãos crescem cerca de duas vezes mais rapidamente que as dos pés. Assim, a pesquisa avaliou 22 jovens saudáveis e concluíram que as unhas da mão crescem uma média de 3,47 mm por mês. Contudo, as unhas do pé crescem uma média de 1,62 mm por mês.

Dentre os dedos, a unha do dedão do pé é a que cresce com maior velocidade, enquanto o mindinho é o mais lento. Além disso, o fluxo de sangue nas unhas da mão é maior por serem mais próximas do coração. Logo, as pernas e os pés merecem mais atenção, pois estão sujeitos a trombose ou a outros problemas de veias. Isso pode até afetar a saúde das unhas!

Quanto ao material das unhas, elas são feitas de queratina, também presente no cabelo. Assim, a queratina não é um tecido vivo, por isso podemos cortar as unhas e o cabelo sem sentir dor e sem sangrar.

Fonte: UOL

Cachorro deita ao lado de suspeitos durante abordagem policial

Artigo anterior

Esse vendedor comia 1 kg de macarrão e 16 pedaços de pizza em uma refeição

Próximo artigo