icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 mais estranhas últimas refeições já pedidas por presos antes da morte

POR Bruno Dias EM Curiosidades 30/01/19 às 16h44

capa do post 7 mais estranhas últimas refeições já pedidas por presos antes da morte

O corredor da morte é um termo usado para uma seção do presídio que tem condenados à morte que esperam por sua execução. E depois de serem condenados, os presos ficam nessa parte da prisão durante o processo de apelação ou até o dia da sua morte.

Tudo que envolve o corredor da morte é rodeado de mistérios. E você já chegou a se perguntar o que as pessoas prestes a morrer pedem como sua última refeição? Coisas como um pedido de cinco quilos de queijo e 10 xícaras de molho até comidas estranhas já foram pedidas em uma última refeição. Listamos aqui algumas das refeições mais estranhas.

1 - Saddam Hussein

O ex-presidente do Iraque foi executado por enforcamento em 2006. A sua última refeição é um pouco misteriosa, algumas fontes afirmam que ele pediu comida ocidental, um hambúrguer e batatas fritas. Outras pessoas dizem que ele comeu frango e arroz schwarma.

2 - Adolf Eichmann

Esse oficial do alto escalão nazista e organizador do Holocausto foi enforcado em 1962, em Israel. Eichmann não quis uma última refeição, ao invés disso, ele pediu uma garrafa de Carmel, que é um vinho israelense seco e vermelho, e antes de morrer, ele bebeu metade da garrafa.

3 - Ricky Ray Rector

Esse homem foi executado pelo assassinato do policial Robert Martin. A sua última refeição não foi muito estranha. Ele pediu um bife, frango frito, refrigerante de cereja e uma torta de nozes. O que foi estranho foi que ele deixou a torta e disse ao guarda que ele estava "guardando para mais tarde".

4 - Peter J. Miniel

Esse homem foi condenado por matar outro por espancamento e facadas e a refeição dele foi uma das maiores no corredor da morte. Ele pediu 20 tacos de carne bovina, 20 encilhadas, dois cheeseburguers, uma pizza de jalapeño, frango frito, espaguete, bolo de frutas, metade de um bolo de chocolate e metade de um bolo de baunilha, biscoitos, sorvete de caramelo de nozes pecan, duas cocas, duas pepsi, duas cervejas e dois copos de suco de laranja.

5 - Lawrence Russell Brewer

O pedido desse assassino foi um dos mais estranhos e grandes. Ele pediu dois filés de frango frito e anéis de cebola, um cheeseburguer de bacon de carne tripla com tudo ao lado, uma omelete de queijo com carne moída, tomate, cebola, pimentão e jalapeños, uma tigela de quiabo frito com ketchup, um quilo de carne assada e metade de um pão branco, três fajitas com todas as coberturas, uma pizza meat lovers, uma caneca de sorvete de baunilha, uma fatia de manteiga de amendoim amassada e três cervejas. O pedido foi muito grande e a maioria das prisões não cede a um pedido tão grande, mas o sistema prisional do Texas o fez. E quando a comida chegou, Brewer se recusou a comer e disse que não estava com fome.

6 - Odell Barnes

Odell Barnes foi condenado pelo assassinato de Helen Bass, em 1989. E quando ele foi ser executado pelo estado do Texas, ele disse que não queria uma refeição e ao invés disso, ele pediu justiça, igualdade e a paz mundial.

7 - Ronnie Lee Gardner

A última refeição desse condenado teve uma reviravolta. O seu pedido foi um filé, lagosta, torta de maçã com sorvete de baunilha e um refrigerante. Além dessa comida, Gardner também pediu a trilogia de Senhor dos Anéis e ele assistiu enquanto lia a Justiça Divina em jejum de 48 horas antes de sua execução.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest