• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação

POR Jesus Galvão    EM Compartilhando coisa boa      18/06/19 às 15h22

Graduado pela Universidade Católica de Brasília (UCB) no curso de Direito, Wítalo de Souza, de 26 anos, se encontra desempregado desde janeiro deste ano. O jovem advogado, assim como muitos outros espalhados pelo Brasil, é mais um exemplo da triste situação que o país está enfrentando com o grande aumento nas taxas de desemprego.

Recentemente, uma foto publicada por Souza chamou a atenção dos internautas. De terno e gravata, o rapaz foi visto segurando uma faixa em uma movimentada rua de Brasília. No sinal, ele tentava promover seu currículo em busca de uma oportunidade de emprego.

O advogado desempregado nasceu no Piauí, mas se mudou para a capital federal para fazer faculdade. No começo, ele contava com a ajuda dos país para se sustentar em Brasília e pagar sua faculdade. Com o tempo, o jovem conseguiu uma vaga de estágio remunerado e pôde contribuir com os gastos.

Acontece que a atitude do advogado acabou funcionando e ele conseguiu ser chamado para algumas entrevistas em escritórios de advocacia da cidade. "Recebi propostas para trabalhar em São Paulo, e advogados de vários estados do país ligaram para me apoiar", disse Souza, em entrevista para o portal Correio Braziliense.

O jovem ainda comentou sobre a escolha do local para expor a faixa. "Queria que meu currículo fosse visto por várias pessoas e de uma vez só. Tinha pensado em ir para  frente da sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mas a visibilidade não seria tão boa".

Souza já trabalhou para o Governo do Distrito Federal (GDF). Porém, foi exonerado em janeiro, devido à troca de governo ocasionada pelas eleições de 2018. Desde então, o jovem se encontrava desempregado. O advogado conseguiu ser aprovado na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), antes mesmo de se formar na universidade. Além do mais, Souza estagiou no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e no Tribunal dos Territórios (TJDFT).

Antes de ir para o sinal pedir emprego, Souza conta que ficou bastante pensativo quanto à sua atitude e o que isso poderia implicar a sua carreira. No entanto, ele admite que resolveu arriscar. "Fiquei com medo de não ser uma atitude bem-vista, mas a situação foi apertando e tive coragem. Chega uma que hora temos que agir", disse.

Celebração

O momento é de celebração para Souza e ele diz estar muito feliz com a sua ousada atitude. Ele recebeu diversas propostas de emprego, além de ter feito contato com muitos profissionais da área. "Muitos advogados me ligaram para oferecer cursos de capacitação. Neste final de semana, por exemplo, vou viajar a Belo Horizonte, com passagem e hospedagem pagas por um advogado de São Paulo, para participar de um curso de coaching", contou Souza.

Mas a melhor de todas as respostas de sua ação veio na forma de um contrato de trabalho com a BP Incorporadora, empresa de construção civil. A ele, depois de uma entrevista, foi oferecida a vaga de assistente jurídico por Miguel Pantazis, sócio e diretor financeiro da empresa. Fábio Francisco Esteves, juiz e presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF), também se encontrou com Souza depois de saber da situação do jovem.

"Nós concedemos uma bolsa de especialização em direito civil e processo civil. O curso será totalmente gratuito, e ele sairá de lá especialista. A iniciativa se deu pelo cumprimento da função social da Escola da Magistratura, hoje referência na formação jurídica no DF, o que possibilitará ao Wítalo o aumento das chances para a sua colocação no mercado", contou Esteves.

Para Souza, uma das formas de se sobressair e vencer o desemprego é usar a criatividade. "Inovar é interessante para quem está desempregado há muito tempo. Por exemplo, conheci muitos escritórios que existem aqui em Brasília e eu não tinha conhecimento. Além disso, consegui trabalhar meu networking, o que também é essencial", contou.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+