• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Attack on Titan pode cometer o mesmo erro que Game of Thrones

POR Letícia Dias    EM Notícias      10/07/19 às 14h41

Durante oito anos, Game of Thrones foi um dos maiores fenômenos mundiais. A série foi responsável por quebrar recordes tanto no quesito audiência, quanto entre as críticas. Além disso, GOT exerceu a importante função de democratizar a fantasia medieval como gênero. Antes dela, esse tipo de conteúdo era consumido exclusivamente por um público específico. Todavia, mesmo diante de todo esse potencial, a produção da HBO se despediu dos fãs de uma forma decepcionante.

A criação de David Benioff e D.B. Weiss foi baseada nos livros de George R. R. Martin. Durante cinco temporadas tudo ocorreu impecavelmente. Entretanto, a partir da sexta os roteiristas não tinham mais o conteúdo de Martin para se apoiar, e aí deu ruim. Com a HBO pressionando de um lado, o público impaciente de outro e os atores sendo requisitados em novos trabalhos, D&D não tiveram outra escolha que não prosseguir o programa contando apenas com sua criatividade. Embora a oitava e última temporada tenha sido a mais condenada, a série vinha sofrendo problemas desde a sexta. As intrigas políticas, que eram o enfoque da obra, foram deixadas de lado, personagens retrocederam ou foram inutilizados e os acontecimentos foram tão acelerados que as coisas simplesmente passaram a acontecer sem nenhum sentido. Pudemos ver o reflexo da queda da qualidade refletido na insatisfação dos fãs e na decadência das críticas.

Todavia, não foi a primeira vez que algo assim aconteceu com uma série de sucesso. Já utilizamos a adaptação de Fullmetal Alchemist como exemplo. Lançado em 2003 e finalizado no ano seguinte, o anime inspirado no mangá de Hiromu Arakawa teve um início aclamado. Entretanto, o mangaká não conseguiu concluir sua obra antes do final da produção e o Estúdio Bones se viu obrigado a criar o próprio desfecho. As opiniões quanto ao final não foram majoritariamente positivas. Por isso, em 2009, foi lançado Fullmetal Achemist: Brotherhood que utilizou a história concluída por Arakawa e alcançou a redenção entre as críticas e os fãs. Hoje, o reboot é considerado um dos melhores animes já produzidos.

Contextualizando Attack on Titan

Enquanto as notas de Game of Thrones caíam, as de Attack on Titan se encontravam mais altas do que nunca. A terceira temporada do anime fez história ao apresentar o episódio mais bem avaliado do IMDb. À primeira vista, GOT e AoT não poderiam ser mais diferentes, porém, se olharmos com mais atenção é fácil encontrar semelhanças nas trajetórias das duas produções. Ambas as histórias são épicas, apresentam temas sombrios, são marcadas pela violência e possuem personagens moralmente questionáveis. Assim como a produção da HBO com os livros de Martin, Attack on Titan superou a popularidade de seu mangá Shingeki no Kyojin em grande escala. Contudo, foi confirmado que o anime será finalizado na sua próxima temporada. A quarta parte de AoT será lançada em 2020 e conta com uma série de questionamentos para responder.

Como a problemática se aplica ao anime?

O problema em questão é que o mangá ainda não foi concluído e, como se isso já não fosse preocupante o suficiente, a versão impressa está muito à frente do anime. Tudo indica que Hajime Isayama irá finalizar a sua obra antes da produção da quarta temporada. Porém, a pergunta que fica é: como eles vão conseguir compilar todo o conteúdo adiantado do mangá em uma única temporada? O receio dos fãs de AoT é que assim como GOT, o anime estabeleça um final como objetivo e deixe de se priorizar a qualidade do desenvolvimento. Pelo menos, podemos olhar pelo lado positivo, a produção ainda tem bastante conteúdo original à sua disposição.

Embora insatisfatória, a pressa para finalizar Game of Thrones foi justificável. Manter o elenco por mais tempo seria complicado. Além disso, a produção era muito cara. Attack on Titan felizmente não lida com os problemas do elenco e nem orçamentários. Por isso a decisão de encerrar a série de uma forma tão prematura é estranha. Porém, há algum tempo fomos informados sobre problemas no estúdio responsável pela animação japonesa, talvez esse seja o motivo. Pelo sim, pelo não, cabe a nós aguardar e torcer pelo melhor. Enquanto nenhuma outra informação foi divulgada, quais suas expectativas para a quarta temporada de AoT? Você acha que o anime corre os mesmo riscos que GOT? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens HBO Wit Studio
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+