icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O que acontece quando alguém se opõe durante um casamento?

POR Cristyele Oliveira EM Curiosidades 09/03/20 às 00h42

capa do post O que acontece quando alguém se opõe durante um casamento?

O casamento é um momento muito esperado pelos noivos. Afinal, se eles não quisessem realmente unir suas vidas, não chegariam até a cerimônia. Raro, é claro, são algumas exceções em que a pessoa tem um estalo, já no altar e desisti de se casar. Mas tudo bem, imaginando um cenário sem essa possibilidade. Estão lá, os noivos apaixonados, ansiosos pelo sim, quando o padre dispara aquela frase clichê: "Se alguém se opõe a esse matrimônio, fale agora ou cale-se para sempre". Geralmente ninguém ali espera que alguém se pronuncie, então, o silencio se faz presente, até que alguém aparece dizendo "eu". Isso é muito comum na ficção, filmes e, principalmente, novelas, mas e se isso realmente acontecer na vida real? O que acontece, a partir do momento, em que alguém se opõe a união?

Se um dos noivos desistir de casar, na última hora, naturalmente, a cerimônia é cancelada e a festa, em alguns casos. Pode ser que um dos noivos inclusive decida comemorar ou não o acontecimento. Mas no caso de interferência de terceiros, a situação é outra. Embora, dependendo da objeção, um dos noivos raramente irá querer continuar com a celebração.

Interferência no casamento

Para responder isso, nada melhor do que alguém que cela uniões, há muito tempo e tem experiência de sobra sobre o assunto. O padre Ivan é essa pessoa, ele realiza casamentos há 32 anos, e em todo esse tempo, já viu muita coisa estranha acontecer no altar. Mas até hoje, nunca presenciou um resposta negativa. "Nunca falaram nada na hora que eu abro espaço para falarem", diz ele.

Mas ele sabe o procedimento a ser tomado, caso isso venha a acontecer. Ele explica que, nesse caso, a cerimônia precisa ser interrompida para que todas as partes sejam escutadas, e se houver provas contundentes, o casamento é cancelado.

"Além da palavra, são necessárias provas, como uma foto por exemplo. Diante das provas, sou obrigado a parar a cerimônia", afirma o padre da Igreja de Fátima.

E mesmo que nunca tenha presenciado um "não" em sua trajetória casando pessoas, ele tem várias histórias peculiares para contar.

Uma delas é a de um casamento , que terminou antes mesmo de começar, quando ainda no curso de noivos, uma pessoa mostrou fotos da noiva com um outro homem que, no caso, não era o seu futuro esposo. Teve outra ainda mais dramática, quando a cerimônia já estava em curso e a atual esposa do noivo entrou na igreja, acompanhada da outra amante dele. "Parecia filme, mas foi tudo comprovado e não tive como continuar", lembra o pároco.

Prevenção

Mas casamento é coisa séria, e para evitar que coisas assim aconteçam com muita frequência, existem medidas a serem tomadas pela própria igreja. O padre conta que, no mês que antecede a cerimônia, é fixado na igreja onde será celebrada o matrimônio, uma espécie de aviso, chamado proclama. "No proclama, avisamos que os noivos vão se casar e perguntamos se alguém sabe de algo que impeça a cerimônia de acontecer. Isso ajuda a não ter transtornos no altar".

E caso uma das partes disser não, o procedimento é bem mais simples, a cerimônia só é cancelada. "Não dá para continuar se somente um dos noivos deseja se casar", finaliza o padre.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest