Animals

Os animais domésticos mais perigosos que se pode ter

Chimpanzé
0

Você tem um cachorro em casa? Ou então um gatinho, um hamster, talvez um peixinho? Pode ser que você tenha alguns animais menos comuns, como porquinho da Índia, coelho ou furão. De qualquer forma, ter um animal é como ter um melhor amigo. Mas, algumas pessoas escolhem outros animais um pouco assustadores…

Essas pessoas escolhem ter como pets, animais que eles evitariam em condições naturais. Certamente você já viu alguém nadando com uma onça ou abraçando um leão e pensou: que loucura! Então se prepare para conhecer os animais domésticos mais assustadores do mundo.

Tigre

Tigre

Tigre (Sergei Karpukhin/Getty Images)

Vamos começar por um que é o sonho de muitas pessoas: o tigre. A Federação Global de Santuários para Animais estima que 5 mil tigres vivem em cativeiro nos Estados Unidos, sendo que a maioria vive com donos e não em zoológicos. A onça-parda também é um pet exótico bem popular.

Um ex-dono de um felino selvagem descobriu que isso é uma péssima ideia da pior forma possível. Amber Michele Couch, de Odessa, nos Estados Unidos, arrependeu-se de ter mantido um felino selvagem quando seu sobrinho de 4 anos foi atacado pelo seu pet de 12 anos que conseguiu escapar da gaiola. O garoto sofreu várias feridas e perfurações em todo o rosto e corpo e por milagre sobreviveu. Já a onça-parda pagou com sua vida.

Cachorro lobo

Cão-lobo

Cão-lobo (Mariomassone)

O próximo animal é uma mistura de cachorro com lobo, o híbrido mais comum de se encontrar entre um animal doméstico e um animal selvagem. Infelizmente, também é comum ver notícias das consequências de ter um animal desse em casa. Donos, outros humanos e animais já foram vítimas desse lobo que se parece cachorro. 

Estima-se que entre 300 mil e 500 mil híbridos são mantidos em cativeiro nos Estados Unidos, isso considerando que o mais comum é a mistura do lobo-cinzento com pastor alemão ou husky. Um dos casos mais conhecidos é o de Sandra Piovesan, de 50 anos, que teve hemorragia após ser atacada por uma matilha de 9 híbridos que ela mesmo criou.

Primata

Chimpanzé

Chimpanzé (Hans Hillewaert)

Os primatas, apesar de serem muito parecidos conosco, são muito perigosos. Eles podem transmitir vários vírus fatais para nós, como herpes B, sarampo e salmonella. E, para provar que não importa o tamanho do primata, veja a história de Jay Jay. Ele tinha 90 centímetros de altura, 9 anos de idade, usava fralda e brincava com as crianças no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Um dia, ele se revoltou contra o dono e rasgou sua mão, perna e nádega. Jimmy Schwall teve que fazer mais de 200 pontos e um tratamento extenso para prevenir que fosse contaminado com os vírus presentes nos primatas.

Urso

Urso

Urso (Flickr)

Obviamente, ursos são extremamente perigosos, mas mesmo assim existem pessoas que insistem em ter esses animais como pet. O urso pode até parecer fofo, mas não se engane. Em 2009, Kelly Ann Walz, que tinha vários animais selvagens, entrou na área do urso de 160 quilos para limpar a gaiola e foi atacada pelo animal na frente de sua família e vizinhos.

Por mais que ela tivesse a licença para ter o animal desde 94 e fosse altamente treinada, o animal continua sendo selvagem e não deve ser mantido em cativeiro. Um urso pode até parecer ser fofo, mas é um dos animais domésticos mais perigosos que se pode ter.

Coruja

Coruja

Coruja Pseudoscops clamator (Frank Wouters)

Se você é fã de Harry Potter, então já quis ter uma coruja. Pois saiba que não é uma boa ideia. A verdade é que a coruja é um predador nato. Rápido e esperto, o animal usa suas garras afiadas e bico para rasgar a presa brutalmente.

Leão

Leão

Leão (Deborah Kolb)

Já ter um leão é claramente muito errado, além de ser um dos animais domésticos mais perigosos. O departamento de Agricultura dos Estados Unidos estima que existem mais leões sendo cuidados por donos particulares do que em zoológicos, já que o número desses animais no zoológico é um décimo da quantidade que está sob os cuidados de donos particulares. Não é nem necessário dizer quantos ataques por leões acontecem com esses donos.

Jacaré e crocodilo

Jacaré-do-pantanal

Jacaré-do-pantanal (Charles J. Sharp)

Jacarés e crocodilos também são péssimos pets, já que são um dos animais mais comuns nos casos de ataques. A força de uma mordida de um jacaré pode ser de mais de 900 quilos, sem dizer que ele tem a prática de girar e dar arrancadas. Para perder um membro ou sua vida é mais fácil do que imagina.

Répteis exóticos

Jiboia Boa constrictor imperator

Boa constrictor imperator (Natalia Kuzmina)

Por fim, répteis exóticos são responsáveis por algumas mortes consideráveis. Isso inclui pítons, jiboias e iguanas. Isso sem contar que 90% dos répteis carregam salmonella dos excrementos, por isso, estão na lista dos animais domésticos mais perigosos que se pode ter. Então, quando estiver procurando um pet, opte por adotar um cachorro!

A morte trágica da princesa Diana

Matéria anterior

Descubra as espécies animais mais raras do mundo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos