Notícias

Uber Eats encerra atividades no Brasil

0

O Uber Eats deixará de operar no Brasil a partir do dia 7 de março, conforme informado pela Uber já no início de 2022. Dessa forma, a plataforma de delivery de restaurantes dará lugar à Cornershop, que tem sua atividade concentrada na entrega de pedidos de supermercado.

“Nosso principal objetivo daqui para frente será oferecer acesso à seleção de supermercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos no aplicativo”, informou a empresa em comunicado oficial. A Cornershop passou a ser da Uber em 2021, o que já indicava que a empresa de deslocamento de passageiros investiria no setor de delivery de compras.

Apesar disso, os serviços de táxi da empresa continuarão a ser prestados normalmente. Dentro do aplicativo há a função Uber Flash, para entregas rápidas por motoristas do aplicativo, e Uber Direct, de entrega de lojas diretamente aos clientes, no mesmo dia. As duas facilidades também continuarão a ser fornecidas.

Segundo a empresa, atualmente mais de 1 milhão de motoristas parceiros geram renda fazendo viagens e entregas pela plataforma. Embora não tenha revelado os números, a Uber informou que o volume de viagens no Brasil já é maior do que o registrado no período anterior à pandemia.

Em comunicado, a empresa também informou que pretende expandir as entregas para outros veículos, como motos. Como o serviço do Uber Eats estará ativo até o mês de março, uma mudança foi implementada. A partir de agora não é mais possível realizar pagamentos de pedidos em dinheiro, apenas por meio de Pix ou cartões.

uber

Uber Eats

Um fato importante é que, após o encerramento do Uber Eats, o mesmo aplicativo dará lugar aos pedidos pelo Cornershop. Ou seja, não será preciso apagar o aplicativo do celular ou baixar um novo. O encerramento das atividades do Uber Eats no Brasil não anula as atividades em outros países. Em 45 países a plataforma continuará realizando o delivery de restaurantes normalmente.

Outras empresas do mesmo segmento também já abandonaram o mercado brasileiro. Em 2019, a espanhola Glovo, que realizava entregas de restaurantes, desistiu das atividades no país um ano depois da entrada no mercado. O Cabify, um aplicativo de viagens assim como o Uber, também deixou de operar no Brasil ao alegar baixa rentabilidade por conta da pandemia.

A Cornershop

No Brasil, a Corneshop opera desde 2020. A plataforma é ativa em 34 cidades. São elas Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Jundiaí, Macaé, Maceió, Manaus, Natal, Novo Hamburgo, Piracicaba, Porto Alegre, Presidente Prudente, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté, Uberlândia e Vitória.

Cornershop

Com o encerramento do Uber Eats, a empresa informou que espera aumentar a lista de cidades com o serviço neste ano. E, devido a substituição dos serviços de delivery de restaurantes pelas entregas de supermercados, pet shops, entre outros, é de se esperar altos investimentos da Uber no setor.

O iFood, que é concorrente direto do Uber Eats, também realiza entregas de supermercado. Como o aplicativo já dominava as entregas de restaurantes por todo o país antes do anúncio do encerramento da plataforma, é provável que a Uber esteja se preparando para driblar novamente a concorrência da empresa e se destacar em entregas de produtos de mercearia e utilidades.

Como foi a luta dessas 7 celebridades contra o COVID-19

Matéria anterior

O homem que teve o cérebro transformado em vidro

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos