icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 celebridades que sobreviveram ao Holocausto

POR Erik Ely EM Curiosidades 27/12/19 às 01h18

capa do post 7 celebridades que sobreviveram ao Holocausto

Enquanto milhões de pessoas morreram sobre o regime nazista que devastou a Europa, milhares sobreviveram para contar os horrores vividos. Embora nem todos sobreviventes tenham tido a oportunidade de contas suas histórias, algumas celebridades que sobreviveram ao Holocausto puderam contar seus relatos.

Embora a sociedade tenha deixado muitas histórias não contadas, seus trabalhos e contribuições ajudaram a preservar a história do que aconteceu. Servindo assim, não somente como uma forma de registro, mas também como um lembrete para que nunca mais aconteça algo semelhante.

1 - Robert Clary

Robert Clary nasceu em Paris, na Fraça, em 1926. Começando cedo a carreira artística, ele já cantava aos 12 anos. Contudo, em 1942, foi deportado para um campo de concentração. "Eu era muito imaturo, jovem e não sabia muito bem em que situação estava envolvido. Não sei se teria sobrevivido se soubesse do que se tratava", disse Robert. Nos Estados Unidos, ele atuou em diversos filmes e seriados de televisão.

2 - Meyer Gottlieb

Meyer Gottlieb nasceu logo depois da Alemanha invadir a Polônia, em 1939. Embora suas memórias da infância sejam limitadas, elas eram bem pertinentes. "Não tenho lembranças de eventos alegres. As primeiras lembranças reais de uma infância que tenho, são de quando vim para a América", disse Meyer. Na infância, ele se lembra do pai enterrando seu irmão, no lado de fora do campo de trabalho. Contudo, atualmente, Meyer se tornou produtor de filmes como "A Vida Secreta de Walter Mitty" e "Mestre dos Mares".

3 - Curt Lowens

Nascido em 1925, esse foi o ano que os nazistas chegaram ao poder na Alemanha. Depois disso, ele e toda sua família se mudaram para Berlim. De lá, eles esperavam abrigo para os Estados Unidos. No entanto, quando estavam prestes a partir, nazistas invadiram sua casa. Curt e sua mãe foram enviados para campos de concentração, em 1943. No entanto, mesmo anos depois de serem libertos, a família permaneceu escondida. Mas mesmo assim, eles conseguiram resgatar mais de 150 crianças judias de serem mortas. Depois da guerra, Curt e sua família foram para os Estados Unidos. Estando na América, ele conseguiu estrelar mais de 100 filmes e programas de televisão.

4 - Roman Polanski

Em 1933, Roman Polanski nasceu em uma família judia de Paris. Contudo, sua família se mudou para a Alemanha e ali, ficaram quando a invasão da Polônia começou. Em pouco tempo, eles se viram obrigados a viver no gueto de Cracóvia. Além disso, não demorou muito para que eles fossem deportados, para um campo de concentração. Contudo, em 1943, Polanski conseguiu escapar e sobreviver ao restante da guerra. No entanto, depois que todo esse inferno terminou, o diretor chegou a ganhar o Oscar. Atualmente, ele é conhecido por sua carreira em Hollywood.

5 - Leon Prochnik

Em 1933, Leon Prochnik nasceu em uma família judia, que possuía a segunda maior fábrica de chocolates da Polônia. Contudo, em 1939, a família foi forçada a fugir do país. Ao passar por diversos países, eles finalmente chegaram aos Estados Unidos, mas sua chegada não foi tão fácil. "Os Estados Unidos não deixariam refugiados judeus entrarem naquele ponto. Não foi um momento de muito orgulho na história da América", disse Leon. No país, ele conseguiu ir à escola e depois, trabalhar no cinema, como editor e roteirista. Seu trabalho mais notável foi o filme "Child's Play", de 1972.

6 - Ruth Westheimer

Ruth Westheimer nasceu em 1928, na Alemanha. Contudo, desde criança, ela havia aprendido sobre o judaísmo. No entanto, para evitar os horrores da guerra, ela foi enviada para viver em um orfanato, na Suíça. Enquanto vivia na Suíça, seus pais morreram por conta do regime nazista. Atualmente, muitas pessoas não conhecem o que ela viveu, sendo mais conhecida como Dra. Ruth, ela mantém aparições em programas como "The View" e "Late Night com Seth Meyers".

7 - Simon Wiesenthal

Simon Wiesenthal nasceu no último dia de 1908, na área de Oblast de Ternopil, na Ucrânia. Contudo, três anos antes do mundo conhecer os horrores do nazismo, sua família já havia migrado para a Rússia. Mas isso ainda não impediu que eles fossem transferidos para um campo de concentração. Depois disso, ele quase foi morto, por diversas vezes, e quase não sobreviveu a sua libertação. Entretanto, quando a guerra terminou, ele decidiu se tornar um caçador de nazistas. Além disso, ele foi uma figura chave na prisão de Adolph Eichmann, em 1959. Com isso, ele também pôde escrever inúmeras histórias e memórias, todas girando em torno de acontecimentos de sua vida.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest