• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Garoto que viralizou dando aulas de física pelo Youtube tem seu canal apagado

POR Toni Nascimento    EM Ciência e Tecnologia      11/03/19 às 15h24

Hoje em dia, as celebridades não saem apenas das emissoras de televisão, mas também da internet. Chamados de influenciadores digitais, eles fazem sucesso nas redes sociais, especialmente os que lidam com vídeos no YouTube sobre os mais diversos temas.

Recentemente, um fenômeno vem chamando a atenção: pessoas anônimas e despretensiosas vêm ganhando popularidade com os seus canais pessoais no YouTube aqui no Brasil. Quer que eu te lembre de um exemplo?

Nilson Izaias, de 72 anos, explodiu como um fenômeno da internet nas últimas semanas. O senhor, que se sentia muito sozinho, resolveu fazer um canal no YouTube para ter amigos. Relembre:

Assim como o senhor Nilson, muitos outros ganham seus 15 minutos de fama no YouTube com vídeos espontâneos, que possuem muita autenticidade. Esse é o caso do garoto de 9 anos de idade, Vinicius Schvartz.

Vinicius Schvartz: Canal da Ciência

Vinicius Schvartz é apenas uma criança mas que deixa muito adulto estudioso com inveja. O garoto entende muito de ciência, e além disso, tem o dom de ensinar as pessoas que não surfam muito bem pelo assunto.

Não é à toa que, de um dia para o outro, o garoto começou a ganhar bastante popularidade na internet. Se você procurar pelo nome do garoto no Twitter, vai ver muitas pessoas falando dele.

Várias pessoas já foram demonstrar toda admiração por ele nas redes sociais diversas vezes. Veja:

https://twitter.com/TheRodrigoDutra/status/1104866522433048576

Mas logo depois de ser ovacionado pelos seus novos fãs, o seu canal no YouTube foi apagado. O cancelamento aconteceu de uma hora para outra, pegando todo mundo de surpresa. Veja:

https://twitter.com/itu_rick/status/1105150770679296000

Excluído do YouTube

Há alguns meses, o YouTube vem implementando novas regras na plataforma em todo o mundo. Não seria diferente com o Brasil. Ele está mais rígido com os canais, sendo os grandes ou os pequenos.

As regras dificultam a monetização e têm como objetivo subliminar proteger as empresas de possíveis manchas, uma vez que as propagandas do anunciante são indiretamente ligadas ao conteúdo dos vídeos.

Além disso, o YouTube está muito mais rígido com conteúdos feito para a família e para as crianças, assim como com conteúdos feitos por crianças. Provavelmente, devido ao canal de ciência do Vinicius Schvartz ser apresentado apenas por ele, ou seja, por apenas um garoto, o fato levou o YouTube a fechar o canal.

Apesar disso, essa é apenas uma teoria, uma vez que não sabemos na prática o real motivo que levou ao fim do canal. Já havia até outros youtubers fazendo vídeos para elogiar o garoto, veja:

Polêmicas

Lembra do seu Nilson, que usamos como exemplo no início da matéria? Ele é a prova viva de que alguém sem experiência, com inocência, pode sofrer vários problemas com a exposição na internet.

Logo após fazer sucesso com os vídeos onde tentava fabricar smiles, Nilson começou a sofrer graves acusações de que havia cometido pedofilia. As acusações vieram de vários perfis falsos, que pegaram Nilson como alvo. "Gostaria de dar um recadinho para vocês. Estão aproveitando aí, pessoas com má intenção, falando mal de mim, falando que sou isso e aquilo, inventando mentiras. São tudo fake, tudo falso, tudo mentira. Eles falam, mas não mostram a prova", afirmou ele.

Se isso justifica ou não um maior rigor do YouTube, não podemos afirmar ao certo, porém, que gostaríamos de ver mais vídeos do jovem Vinicius Schvartz, isso nós gostaríamos.

E aí, você chegou a conhecer o canal do Vinicius Schvartz? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que adora passar horas no YouTube, aquele abraço.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via    
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+