Curiosidades

Marinha resgata 6 náufragos no Pará graças a bilhete em garrafa

0

Quando pensamos em bilhete dentro de garrafa logo nos lembramos dos filmes de pirata e mapas do tesouro escondidos e encontrados de repente. Geralmente pensamos que isso não deve acontecer na vida real. A parte de encontrar um mapa do tesouro pode ser que não aconteça mesmo, mas um bilhete em uma garrafa realmente pode acontecer e ainda conseguir realmente ajudar pessoas.

Esse foi o caso que aconteceu com a Marinha brasileira na última quarta-feira. Eles conseguiram resgatar seis tripulantes da embarcação “Bom Jesus” na Ilha das Flechas. Essa ilha fica cerca de 150 quilômetros de Belém, no Pará.

Foram pescadores que encontraram a garrafa com o bilhete dos náufragos dentro dela. “Socorro, socorro! Precisamos de ajuda, nosso barco pegou fogo, estamos há 13 dias na Ilha das Flexas (sic) sem comida. Avise nossas famílias”, era a mensagem do bilhete. Além da mensagem, os náufragos também escreveram o número de telefone de seus familiares.

Bilhete

Correio 24 horas

Depois de lerem o bilhete, os pescadores acionaram os socorristas. Os náufragos estavam desaparecidos desde o dia 27 de março. Felizmente, eles foram encontrados em um “bom estado geral de saúde”.

De acordo com a Marinha, o barco partiu de Santarém no dia 24 de março, com destino ao município de Chaves. Entretanto, a tripulação foi surpreendida por um temporal. Por conta disso, eles procuraram alguma praia para se abrigarem até o tempo melhorar. Contudo, eles perceberam que um incêndio começou na cozinha da embarcação e foi ele que causou o naufrágio.

Desde então, os seis tripulantes viraram náufragos na ilha por 17 dias. Nesse tempo, eles dividiram alimentos que estavam no barco e usaram a água da chuva para se hidratar.

Depois de um tempo na ilha, dois dos náufragos tiveram a ideia de colocar um bilhete dentro de uma garrafa. Para que ele pudesse ser encontrado, eles amarraram a garrafa em uma boia e a jogaram ao mar. Foi então que os pescadores locais encontraram o bilhete e fizeram o alerta para a Marinha.

Náufragos

Correio 24 horas

Segundo a Marinha, ela colaborou com os órgãos estaduais para que o resgate fosse feito. Quando foram resgatados, os náufragos foram levados para Belém em um helicóptero Super Cougar. Enquanto eles estavam a bordo foram atendidos por militares que prestaram os primeiros socorros.

Embora a Marinha tenha dito que todos estavam em um “bom estado geral de saúde”, eles foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro de Sacramenta, para que médicos fizessem suas análises.

Mesmo tendo um final feliz, a Marinha irá instaurar um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

Mensagem

UPI

Além desses náufragos, outros bilhetes em garrafas já foram encontrados. No entanto, nem todo bilhete é um pedido de resgate, como uma garrafa encontrada por uma mãe e seu filho enquanto caminhavam por uma das praias da Noruega.

Ida Hodnebo, de 36 anos, disse, em entrevista ao portal UPI, que estava caminhando com seu filho, Tallak, de sete anos, em uma praia da ilha norueguesa de Jomfruland, quando se deparou com uma garrafa de vidro, contendo um bilhete escrito à mão.

Ainda segundo o portal UPI, o bilhete foi escrito em julho de 2020 por uma menina de 10 anos, chamada Lilly Carter. A menina que escreveu o bilhete lançou a garrafa nas águas oceânicas da praia de Chapel St. Leonards, na Inglaterra, a cerca de 1.600 quilômetros de onde o objeto foi encontrado.

O singelo bilhete continha apenas um único pedido. Conforme expôs o portal UPI, a jovem Carter queria apenas que quem encontrasse a garrafa e, consequentemente seu conteúdo, publicasse sobre o assunto em alguma rede social. E foi exatamente isso que Hodnebo fez.

A norueguesa, assim que encontrou a garrafa, postou, em seu perfil pessoal do Facebook, algumas fotos, tanto do objeto, quanto do conteúdo que estava em seu interior.

Fonte: Correio 24 horas, UPI

Imagens: Correio 24 horas, , UPI

Os dentes de Freddie Mercury influenciavam na voz do artista?

Previous article

Bill Morgan: a história do caminhoneiro que ganhou duas vezes na loteria

Next article

Comments

Comments are closed.