• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 imagens que mostram o incrível submarino de guerra dos EUA

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      13/03/19 às 16h04

Recentemente, a Marinha dos EUA, em um comunicado oficial, anunciou que seu mais novo submarino comissionado, o USS South Dakota (SSN 70),  é o submarino de ataque mais tecnologicamente avançado da Terra. A embarcação foi construída pela construtora naval General Dynamics Electric Boat, cuja força de trabalho é composta por muitos jovens.

O South Dakota é um submarino de ataque rápido, que demonstra todo poder nuclear de um submarino de mísseis balísticos. Ele é capaz de transportar mísseis Tomahawk de longo alcance, além de minas e torpedos, completamente preparados para fazer um verdadeiro estrago nas embarcações inimigas caso uma guerra se inicie a qualquer momento.

USS South Dakota

Pesando cerca de 7.800 toneladas, a embarcação submersível mede 114,8 metros de comprimento e é 0 19º submarino nuclear da classe Virginia. Ele acomoda cerca de 130 marinheiros e atinge uma velocidade de 46 quilômetros por hora. Esse submarino foi desenvolvido para enfrentar um combate naval frente a frente. Ele pode abrigar dezenas de mísseis de ataque terrestre.

Em épocas de combate, esse submarino estará preparado para caçar e afundar navios e submarinos inimigos. Sem mencionar as minas transportadas pelo South Dakota que, uma vez plantadas, podem causar danos severos aos navios e submarinos inimigos.

Os submarinos da classe Virginia, são todos movidos a energia nuclear, o que exige que sua tripulação, mesmo em caso de combate, domine a propulsão nuclear enquanto estão em movimento. Isso significa que eles precisam manter o núcleo do reator funcionando a todo momento. Já os submarinos não nucleares, como alguns que operam na China, possuem a vantagem de poder serem desligados seus motores e eles continuarem a funcionar com energia de suas baterias.

"Estamos em uma grande competição de poder com uma Rússia ressurgente e com uma China em ascensão. A primeira linha de esforço da nossa Estratégia de Defesa Nacional é "Formar uma força mais letal" porque, como dizem, "o caminho mais seguro para evitar a guerra é estar preparado para vencer uma", disse o contra-almirante, Leonard C. Dollaga, comandante do Centro de Desenvolvimento do Combate Submarino sobre o South Dakota.

Ainda mais letal

O submarino não é o primeiro do gênero. Entretanto, é o primeiro a utilizar novas tecnologias, como grandes matrizes de sonar verticais, que, segundo os Estados Unidos, dariam uma vantagem em relação a navios russos e chineses. Além de ter recebido um novo revestimento acústico do casco e diversas melhorias na sala de máquinas, visando a redução de ruídos.

"O USS South Dakota entra em serviço durante um período de desafios dinâmicos de segurança. Estou confiante de que o USS South Dakota e sua tripulação garantirão que nossa Marinha e nação permanecerão seguras e fortes e sirvam com orgulho o interesse de nossa nação pelas próximas décadas", disse o secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer no comunicado.

O combate submarino pode ser um jogo bem complicado, uma vez que qualquer sonar ou radar poderia revelar a exata localização do mesmo. Então, os navios precisam estar bem atentos para evitar falhas nas operações.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+